Fabí Alvim
Fabí começou a jogar vôlei aos 13 anos de idade participando de uma competição escolar. Começou a treinar nas categorias de base, e devido sua baixa estatura se especializou na defesa, e logo com a criação da posição de líbero em 1998, passou a se destacar. Na Seleção Brasileira, Fabí teve sua chance em 2001, quando a equipe ainda era comandada por Marco Aurélio Motta e sobreviveu à crise que dizimou a equipe, participando do Mundial de 2002, na Alemanha. O Brasil terminou o campeonato em sétimo lugar, mas Fabi foi eleita a segunda melhor defensora e receptora do torneio. Quatro anos depois, no final de 2006, se firmou na seleção quando ganhou a disputa com Arlene e foi convocada para jogar no Mundial no Japão. Fabizinha teve um bom desempenho, sendo uma das responsáveis pela conquista da medalha de prata pelo Brasil naquele ano. Dentre os títulos mais importantes pela Seleção Brasileira, destacam-se o pentacampeonato do Grand Prix (2005, 2006, 2008, 2009 e 2013), os vice-campeonatos no Mundial, Copa do Mundo e Jogos Pan-Americanos respectivamente e ainda as principais conquistas da equipe brasileira, como as medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 em Pequim, no qual foi eleita a melhor líbero da competição, e nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 em Londres.
 

PRODUTOS DO ÍDOLO

1 Item(s)

1 Item(s)